O Hábito de ser Pontual

O Hábito de ser Pontual

“O hábito de ser pontual, uma vez formado, estende-se a tudo – encontros com amigos, pagamento de dívidas, idas à igreja, chegar e sair do local de trabalho, cumprir promessas, deitar à noite e acordar de manhã, idas a palestras e aos encontros da cidade, e, de fato, a todas as relações e atos, por mais triviais que parecem aos observadores.”

– William Makepeace Thayer, Tact and Grit, 1882

Escusado será dizer que as empresas precisam que os funcionários apareçam a tempo para fazer o seu trabalho. A pontualidade é mais importante no local de trabalho porque é aí que somos pagos pelas horas que trabalhamos e os funcionários devem ser pontuais e confiáveis para atender às necessidades de seu departamento e dos seus colegas. Quando os funcionários estão ausentes ou atrasados, o trabalho e o serviço são interrompidos e é acrescentado um fardo adicional aos seus colegas e à 100metros.

Embora isto pareça senso comum, muitos de nós continuamos a viver cronicamente atrasados, o atraso precisa ser abordado, no âmbito empresarial, porque afeta a produtividade e - em última instância - a reputação da organização.

5 Razões pelas quais a pontualidade é tão importante numa Empresa:

 Moral e Produtividade da Equipa

Quando alguém está cronicamente atrasado, o fluxo natural de trabalho é interrompido à medida que outros membros da 100metros têm de se ajustar para cobrir o atraso. A tensão e o ressentimento aumentam nas equipas quando alguém está cronicamente atrasado, fazendo com que os seus colegas sintam falta de respeito. Os funcionários pontuais estão descontentes quando são obrigados a cobrir frequentemente as responsabilidades de um colega de trabalho atrasado.

 Perceção dos Clientes

A pontualidade demonstra profissionalismo, desejo de fazer bem o trabalho e é um sinal de boa preparação. Atrasos crónicos são vistos negativamente por mais do que apenas os colegas de trabalho. Os clientes podem ver o que acontece na empresa e, quando um funcionário está atrasado, podem não confiar que o trabalho será feito corretamente. Todos os colaboradores são o reflexo da empresa, quando há atrasos crónicos, uma má reputação começa a permear para os clientes que não só não têm confiança na organização, mas também não a referenciarão a outros possíveis clientes.

 Progressão na Carreira

Os funcionários que chegam a tempo estão frequentemente mais preparados para o dia e experienciam menos stress em geral. A chegada pontual não só é um requisito básico de trabalho, mas também coloca os funcionários em posição de serem vistos como leais, profissionais e ambiciosos. Estas são qualidades que as organizações procuram desenvolver para promoção e desenvolvimento profissional.

 Confiança Transmitida

Pontualidade está intrinsecamente relacionada com a confiança. Um funcionário que se encontra no seu posto a realizar as suas tarefas durante o seu horário é um funcionário confiável - se ele diz que lá estará, lá estará. Mas se um funcionário não é pontual, os seus colegas nunca saberão onde este vai estar quando precisam dele, começarão a sentir que este não sabe organizar o seu próprio tempo, e essas dúvidas irão espelhar-se em assuntos além do relógio.

 Tempo é Dinheiro

Uma verdade inconveniente, mas uma verdade: Estar atrasado é um Roubo.
Quando se faz os outros esperarem por nós, estamos a roubar-lhes alguns minutos que nunca mais voltam. Tempo que os nossos colaboradores poderiam ter transformado em dinheiro, ou simplesmente usado para as coisas importantes para eles. Ao encontrarem-se connosco a uma hora acordada, os nossos colegas, colaboradores ou clientes podem ter feito sacrifícios e o nosso atraso deita esses sacrifícios por terra. Ser pontual mostra que valorizamos o nosso tempo e, consequentemente, não pensaríamos privar os outros desse recurso precioso e limitado.


100 METROS © DESENVOLVIDO POR UAU BUSINESS SOLUTIONS